(11) 2892-5437 / (11) 93015-9975 / (11) 95029-4944          contato@mallmannengenharia.com

Você sabe a importância que a visita técnica tem para que uma obra seja entregue no prazo combinado e não apresente problemas posteriores? Muita gente negligencia essa etapa da construção, mas saiba que ela pode evitar grandes dissabores.

Para que uma obra seja entregue da melhor maneira possível, além da utilização de bons materiais, da escolha de bons profissionais em todos os processos, é preciso que haja constante acompanhamento das etapas por meio das visitas técnicas feitas pelo engenheiro ou arquiteto responsável.

Estas questões serão exemplificadas, a seguir, por meio de 7 pontos nos quais apresento situações em que a visita técnica é importante para resolver problemas.

1 – Para esclarecer dúvidas sobre o projeto

Quando um projeto parece complicado e dificulta a leitura e claro, o entendimento, o profissional que o elaborou precisa estar à disposição para esclarecer as dúvidas que surgem por parte de todos os envolvidos, sejam eles, o próprio contratante/cliente ou os profissionais que estão executando o trabalho. É importante que dúvidas sejam esclarecidas para que não se tornem problemas maiores e as visitas técnicas são os momentos ideais para se discutir e esclarecer tais pontos. Hoje o avanço tecnológico também permite que estes esclarecimentos sejam feitos através, por exemplo, de representações 3D e esquemáticos. Em certos casos, marcações nas paredes e desenhos feitos a mão também ajudam a explicar detalhes que parecem complexos.

2 – Para encontrar soluções viáveis

Algo que pode ocorrer durante uma ‘explicação’ é que os profissionais que estão executando o trabalho apresentem outra solução para mesmo problema apresentado. Isso pode ocorrer por várias razões: falta de confiança no técnico responsável, excesso de confiança do executor ou por algum outro motivo; em razão disso, o executor prefere seguir seu próprio pensamento ou de alguém em quem  ele tenha mais confiança naquela questão específica. Neste caso que parece, a princípio, delicado, visitas técnicas constantes também ajudam a fiscalizar de forma mais rotineira o trabalho e, assim, caso existam questões mais complicadas, a troca de experiências conjunta pode facilitar o encontro de soluções mais adequadas.

3 – Para adequar etapas, caso seja necessário

Tanto em obras novas, quanto em reformas e adequações, decisões importantes precisam ser tomadas conforme as circunstâncias que se apresentam durante o trabalho. Nestes casos também, as visitas técnicas são fundamentais para que você participe de forma mais sábia das decisões. Muitas vezes, a necessidade de cumprir os prazos fixados, leva o executor a não incluir o projetista/responsável técnico em algumas decisões, ainda assim, se o profissional contratado realiza constantes visitas técnicas o alinhamento entre todos os envolvidos ocorrerá de forma mais fluída e isso, é claro, haverá de influenciar todo o trabalho que está sendo feito.

4 – Para conhecer o terreno com precisão

No setor de construção civil é comum que alguns projetos sejam assinados e realizados por profissionais que sequer conhecem de perto o terreno. Na verdade, isto não é um grande problema quando o terreno em questão é plano, limpo, tem solo estável e não há vizinhos, contudo, se algum destes aspectos é diferente, a chance de que haverá problemas é considerável. Neste caso, a importância de uma visita técnica de reconhecimento do terreno se torna fundamental, pois somente dessa forma é possível saber se condições como luminosidade solar (ou a falta dela) existem; se há segurança para a execução de todas as etapas; se o meio ambiente local precisa ser preservado, entre outras questões que somente de forma presencial será possível resolver.

5 – Para manter a limpeza e organização

Outro aspecto que a visita técnica favorece está relacionado com a organização e limpeza que devem existir para que uma obra seja executada de forma segura e fluída. Vale lembrar que esta organização é algo observado, por exemplo, durante as fiscalizações feitas pelo Ministério do Trabalho, ou seja, é um fator importantíssimo para garantir o bem-estar e a segurança dos trabalhadores. Além disso, a organização facilita processos relacionados ao uso dos materiais e ferramentas; ao recebimento e descarte de materiais, entre outras etapas.

6 – Para evitar desperdício de material

O desperdício de materiais é outro ponto que as visitas técnicas podem evitar, pois a falta de acompanhamento pode favorecer, em certos casos, o desleixo e o desapreço pelos materiais e ferramentas. Seja pela má utilização, descuido ou qualquer outra razão, não importa, e sim que a presença e a verificação ‘in loco’ é realmente importante para averiguar se os materiais estão sendo utilizados de forma correta e cuidadosa, de acordo com suas respectivas funcionalidades e tempos determinados para suas utilizações. É sempre bom lembrar que todo desperdício impacta diretamente nos custos de uma obra.

7 – Para que o prazo seja cumprido

O cumprimento do prazo, a entrega no período que foi acertado no contrato e definido no cronograma de execução é outro ponto que pode ser assegurado quando as visitas técnicas são feitas de forma constante. Quando os profissionais responsáveis pela obra, a visitam, ‘cobram’ a necessidade de que o cronograma seja cumprido, se mostram disponíveis para esclarecer dúvidas e auxiliar nas decisões mais complexas, a agilidade nos processos que envolvem os trabalhos se torna natural e é claro que isto será importante para o cumprimento final do cronograma.

Como vemos as visitas técnicas são fundamentais em todas as etapas de execução de uma obra e, sem elas, há muito mais chances de que haja problemas, por vezes, difíceis de solucionar.